Mulher é morta a facadas em rua do Núcleo Bandeirante, no DF

28 de outubro de 2021

Vítima, de 38 anos, foi identificada como Jaqueline Araújo da Silva; ninguém foi preso. Polícia Civil investiga homicídio.

Polícia Civil investiga morte de mulher na Vila Cauhy, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução
Polícia Civil investiga morte de mulher na Vila Cauhy, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Uma mulher de 38 anos foi encontrada morta, nesta quinta-feira (28), em uma rua da Vila Cauhy, no Núcleo Bandeirante, região do Distrito Federal. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi esfaqueada e estava sem sinais vitais quando a corporação chegou. O caso é investigado como homicídio (entenda abaixo).

O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado para a ocorrência por volta das 00h30. Ao chegar no local, os militares constataram o óbito da vítima, identificada como Jaqueline Araújo da Silva, de 38 anos.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas descreveram o suspeito, mas ele não foi localizado pela corporação. Até a última atualização desta reportagem, o homem estava foragido.

 

Policiais fazem perícia no local onde mulher foi encontrada morta, no DF — Foto: PCDF/Divulgação
Policiais fazem perícia no local onde mulher foi encontrada morta, no DF — Foto: PCDF/Divulgação

Homicídio

O caso foi registrado na 11ª Delegacia de Polícia, do Núcleo Bandeirante, como homicídio. No DF, desde 2017, todas as mortes violentas envolvendo mulheres são investigadas como feminicídio – crimes cometidos por “razões da condição do sexo feminino”, segundo a Lei nº 13.104/2015.

Como não há detalhes sobre a investigação da morte de Jaqueline, o caso foi registrado na delegacia como homicídio. Entretanto, a tipificação da ocorrência ainda pode mudar, conforme o avanço das investigações.

Como e onde denunciar violência contra mulheres?

Fachada da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM II), em imagem de arquivo — Foto: SSP-DF/Divulgação

Fachada da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM II), em imagem de arquivo — Foto: SSP-DF/Divulgação

Em meio à pandemia de Covid-19, a Secretaria de Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP) tem canais de atendimento que funcionam 24h. As denúncias e registros de ocorrências podem ser feitos pelos seguintes meios:

  • Telefone 197
  • Telefone 190
  • E-mail: denuncia197@pcdf.df.gov.br
  • Delegacia eletrônica
  • Whatsapp: (61) 98626-1197

O DF tem duas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deam), na Asa Sul e em Ceilândia, mas os casos podem ser denunciados em qualquer unidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.