Suspeito de matar empresário no Grande Colorado é preso

15 de setembro de 2022

Ainda de acordo com a corporação, ao menos quatro pessoas teriam participado do crime de latrocínio (roubo seguido de morte)

O segundo suspeito de assassinar um empresário em um condomínio no Grande Colorado, no último dia 30, foi preso nesta quinta-feira (15).

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), este homem, de 23 anos, foi o que mais atuou no crime. “Ele estava foragido e escondido no interior do Ceará. Informações repassadas indicam que ele foi um dos que disparou contra a vítima”, explica o delegado-chefe da 35ª Delegacia de Polícia, Laércio Carvalho.

Ainda de acordo com a corporação, ao menos quatro pessoas teriam participado do crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Os criminosos teriam invadido a casa do empresário para roubar e dispararam diversas vezes contra o rosto do empresário.

Após o crime, o grupo fugiu do local em um carro com grande quantidade de dinheiro roubado da vítima. “Ao longo das investigações, fora possível identificar todos os quatro infratores envolvidos, sendo que no último sábado, a equipe conseguiu localizar o primeiro deles, de 40 anos, que também estava foragido, e efetuar a sua prisão”, destaca Carvalho.

Segundo o delegado, todos os envolvidos tem grandes fichas criminais, inclusive pelo mesmo crime. “A PCDF dispõe de autorização judicial para exibir os dados e as imagens dos marginais foragidos e conta com a ajuda da população e da imprensa nessa tarefa para capturar os demais acusados do crime”, finaliza o responsável.

Por Redação Jornal de Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.