Torre de TV e a feira renovadas na gestão Ibaneis

13 de setembro de 2022

Governador visitou o local neste domingo e conversou com a população e feirantes

Responsável por cuidar de programas sociais, o BRB também é conhecido por apoiar o esporte local e o turismo│Foto: Flickr

O governador Ibaneis Rocha visitou a Torre de TV, um local que recebeu muitos cuidados e melhorias em sua gestão à frente do Distrito Federal. Tendo o Banco de Brasília (BRB) como protagonista, a fonte e o mezanino da Torre foram reabertos, e a feira foi reformada. Agora, as obras se concentram no paisagismo e irrigação do Jardim Burle Marx.

Projetada pelo arquiteto e urbanista Lucio Costa e inaugurada em 1967, a Torre de TV teve como inspiração a Torre Eiffel, de Paris (França). Seu mirante, que apresenta uma vista privilegiada de Brasília, voltou a ser referência para os brasilienses e turistas em 2020 com a sua reabertura. Na manhã deste domingo, Ibaneis foi ao local conversar com feirantes e moradores.

“Visitamos esse local importante para Brasília e que nós temos cuidado em nossa gestão. Reabrimos a torre, reformamos a feira e vamos continuar cuidando da nossa cidade. Aqui fizemos uma parceria com o BRB, tem dado certo e vamos seguir com outras obras”, afirmou o governador Ibaneis Rocha

Feirante há quase 50 anos, Mota dos Santos elogiou a gestão do governador e o tratamento com as pessoas. “Estava analisando a campanha e a gestão, não vi ele derrubando as casas dos pobres, mas os outros governadores fizeram isso. Não vi um “rapa” tomando a mercadoria dos trabalhadores de rua. Vejo um governo humano com a população. Aqui na Torre ele isentou de pagarmos impostos na pandemia e estou fechado com Ibaneis”, confirma.

A força do BRB

Responsável por cuidar de programas sociais, o BRB também é conhecido por apoiar o esporte local e o turismo. Mas, tem ido além. Com os bons números e lucros do banco, tem sido possível investir em obras pelas cidades. “Já entrou mais de R$ 220 milhões de dividendos do BRB para mantermos as obras no DF. Neste ano, o que o BRB vai depositar de dividendos nos cofres é maior do que o valor que foi depositado nos quatro anos do governo anterior”, detalha Ibaneis Rocha.

Desde 2019, o Banco de Brasília tem assumido o protagonismo no cenário econômico e social no DF. No âmbito da economia, acumula recordes e crescimentos históricos. Passou de 625 mil clientes, em 2018, para mais de 4,2 milhões de clientes, em 2022. No segundo trimestre do ano, apresentou lucro de R$ 122 milhões.

Para socorrer os empresários e empreendedores, injetou R$ 14,3 bilhões com os programas Supera-DF, Acredita-DF e Avança-DF, que auxiliaram 304 mil clientes. Já com os benefícios, foram distribuídos R$ 221 milhões apenas em 2022. Do Prato Cheio ao Cartão Gás, o banco tem sido um grande aliado para minimizar o impacto na renda das famílias mais carentes.

Fonte: Flickr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.